Economia alemã estagnou em 2019. Coronavírus é um novo risco, diz Bundesbank
17 Fevereiro, 2020
Novo projeto vai abastecer ilha da Graciosa com energias renováveis
19 Fevereiro, 2020

Recorde. Produção de azeitona para azeite atinge o nível mais alto desde 1941

A produção de azeitona para azeite deverá ter aumentado 30% em 2019. Alentejo pesa 70% na produção nacional.

A produção de azeitona para azeite deverá ultrapassar as mais de 940 mil toneladas, sendo a produção historicamente mais elevada desde 1941, (ano a partir do qual existem registos sistemáticos), de acordo com as previsões agrícolas, de 31 de janeiro, e que são reveladas pelo Instituto Nacional de Estatística (INE) esta quarta-feira, 19 de fevereiro.

Estas previsões relativas ao ano de 2019 apontam também para um crescimento dos rendimentos em azeite, o que permite antever um balanço muito positivo para esta campanha oleícola. “Com as sementeiras praticamente concluídas e o desenvolvimento vegetativo a decorrer normalmente, estima-se, pelo sétimo ano consecutivo, uma redução da área instalada de cereais de inverno, nomeadamente no trigo mole e aveia (-5%), no triticale e cevada (-10%) e no trigo duro (-15%)”, indica o documento do INE.

A colheita da azeitona para azeite está na sua fase terminal e decorreu de forma distinta nas duas principais regiões produtoras: no Alentejo, que nos últimos cinco anos produziu em média mais de 70% da produção nacional de azeitona para azeite e onde “a carga de frutos dos olivais intensivos e superintensivos foi superior à da campanha anterior e manteve-se em bom estado sanitário até à colheita”, segundo o INE.

Por sua vez, em Trás-os-Montes, responsável por 15% da produção nacional de azeitona para azeite do último quinquénio, “uma percentagem significativa dos frutos não foram colhidos por terem sido derrubados pelos ventos fortes que fustigaram a região aquando da passagem das tempestades Elsa e Fabien”, indica o relatório.

Em termos globais, estima-se um aumento de 30% na produção de azeitona para azeite face à campanha de 2018. As estimativas apontam também para uma subida do rendimento da azeitona em azeite a rondar os 10%, face a 2018, o que deverá conduzir a um aumento da produção de azeite superior ao aumento da produção de azeitona.

Jornal Económico 19/02/2020