China e UE comprometem-se a chegar a acordo sobre investimento em 2020
10 Abril, 2019

Crédito para a casa acelera em março após dois meses de quedas

Foram financiados perto de 900 milhões de euros em crédito para a compra de casa, em março. No trimestre, a concessão de novo crédito superou os 2.351 milhões de euros, o melhor arranque de ano desde 2010.

Os bancos voltaram a acelerar a concessão de financiamento para a compra de casa, em março. Segundo os dados hoje divulgados pelo Banco de Portugal, as novas operações de crédito à habitação superaram os 870 milhões de euros no terceiro mês do ano.

Após dois meses em queda, a concessão de novo crédito à habitação voltou a aumentar, em março. O valor financiado em março (870 milhões de euros) é o mais elevado desde dezembro de 2018, mês em que a concessão de crédito para a compra de casa superou os 900 milhões de euros.

No acumulado do trimestre, foram financiados 2.351 milhões de euros para a compra de casa, segundo os dados divulgados esta terça-feira pelo Banco de Portugal. Trata-se do melhor trimestre desde 2010. Face aos primeiros três meses de 2018, a tendência também é de subida, registando-se um aumento de 7,5%.

Este aumento ocorre num momento que continua a ser marcado pela guerra dos “spreads”. Mais de metade dos grandes bancos nacionais anunciou cortes na sua margem de lucro nos últimos meses. Bancos como o BPI, a CGD ou o Santander Totta anunciaram descidas de “spread”, em 2019, num negócio que se mantém muito competitivo.

No crédito ao consumo também se registou um aumento mensal. O financiamento com esta finalidade atingiu, em março, os 389 milhões de euros, um valor que ficou acima dos 365 milhões concedidos em fevereiro.

Apesar do crescimento mensal, em termos trimestrais, o crédito ao consumo registou um decréscimo de cerca de 3% face ao mesmo período do ano passado. No total, os bancos emprestaram 1.092 milhões de euros em crédito ao consumo nos primeiros três meses do ano.

As novas operações de crédito para outros fins atingiram os 192 milhões, em março, elevando para 488 milhões o valor financiado entre janeiro e o final de março.

Crédito para as empresas sobe em março

O financiamento destinado às empresas subiu em março. Nas operações até um milhão de euros foram financiados 1.697 milhões de euros, acima dos 1.435 milhões concedidos em fevereiro. No trimestre, as novas operações superaram os 4.602 milhões de euros, um valor que compara com os 4.128 milhões emprestados em igual período do ano passado.

Já as grandes empresas captaram menos financiamento que no primeiro trimestre do ano anterior. Após os 1.061 milhões captados em março, as novas operações de crédito para valores acima de um milhão alcançaram os 2.898 milhões de euros no acumulado do trimestre, menos 13% que o valor que atingiram nos primeiros três meses de 2018.

Jornal de Negócios 14/05/2019