Lucros do Santander Totta crescem 16% para 385 milhões de euros
7 Novembro, 2018
A Comissão Europeia aprovou a venda da Europac à DS Smith, mas fez exigências. A fábrica de Ovar terá de ser vendida assim como duas fábricas em França.
15 Novembro, 2018

May sobre acordo: no comércio “é mais ambicioso do que qualquer outro”

A primeira-ministra britânica está a esclarecer os deputados acerca dos avanços no acordo de “divórcio” com a União Europeia, numa altura em que se acumulam as baixas no Governo em sinal de discórdia.

A primeira-ministra britânica, Theresa May, garante que “o acordo para o Brexit é mais ambicioso em termos de trocas comerciais do que qualquer outro” mantido entre o bloco e os restantes parceiros. “Mais nenhuma economia avançada tem um acordo semelhante com a União Europeia”, insistiu.

A sustentar esta afirmação, May explica que ficou determinada a criação de uma área de comércio livre de bens entre o Reino Unido e a União Europeia, “com zero tarifas, taxas, encargos ou restrições quantitativas transversais a todos os sectores”.

Para a líder britânica, outra das conquistas das negociações foi o consenso no que toca às relações nos serviços e investimento, incluindo os serviços financeiros, as quais classifica como “próximas” e considera que “vão muito além do World Trade Agreement”.

Por fim, May realça que, tendo em conta os limites definidos para o período de implementação do acordo, os negócios vão beneficiar pois “só terão de se preparar para uma vaga de mudanças”. É a partir de 29 de Março de 2019 que começam a contar os21 meses do período de transição que termina a 31 de Dezembro de 2020. Durante este período, o Reino Unido continua a integrar a união aduaneira, o mercado único e terá de respeitar a jurisdição europeia, perdendo contudo o direito de voto nas instituições comunitárias.

May está esta quinta-feira no Parlamento a esclarecer os restantes ministros acerca do esboço do acordo do Brexit delineado  com os representantes da União Europeia. “O que conseguimos ontem não foi um acordo final”, reforçou a ministra, numa declaração que foi acompanhada por risos dos presentes. “É um esboço que significa que sairemos da União Europeia de uma forma suave e ordeira” continuou a ministra, provocando o aumento do volume do riso entre a plateia, ao ponto de se interromper por momentos.

Fonte: “Jornal de negócios” 15-11-2018